Skip directly to content

Entenda mais sobre a restauração dental, procedimento para tratar dentes fraturados ou cariados

01/11/2017

O QUE É RESTAURAÇÃO DENTAL?
A restauração consiste na reconstrução do dente. Pode ser em casos de cárie ou fratura, por exemplo. O processo busca restabelecer a forma e função normal de cada dente afetado. Há dois tipos de restauração: as diretas são feitas quando é possível adicionar o material diretamente no dente a ser restaurado. Enquanto isso, as indiretas são direcionadas para casos com uma cavidade ou maior desgaste. Esses quadros requerem o preparado do material fora da boca, para depois ser encaixado no dente.

COMO É FEITO O PROCEDIMENTO DE RESTAURAÇÃO?
Para iniciar a restauração, o especialista remove a parte do dente deteriorada. É então feito a limpeza da área para que seja preenchida com o material restaurador. Para completar, os espaços em que as bactérias podem infiltrar-se são fechados. A restauração também ajuda a prevenir uma deterioração posterior, explicam os profissionais.

SOBRE A RESTAURAÇÃO EM DIFERENTES FASES DA VIDA
O processo de restauração dental pode ser feito em qualquer fase, seja em dentes decíduos, que são os jovens, ou os permanentes, característicos de adultos. É relevante realizar o procedimento, nos casos necessários, para que não resulte em problemas oclusais. No entanto, para os quadros de dentes jovens, deve ser utilizado materiais com maior biocompatibilidade. Um exemplo é o ionômero de vidro. Há também os selantes de cicatrículas e fissuras, que ajudam a prevenir cáries e salvar-se de uma restauração posterior.

OS BENEFÍCIOS DA RESTAURAÇÃO DENTAL PARA A SAÚDE BUCAL
Além de devolver a harmonia e equilíbrio estético do sorriso, a odontologista ressaltou outros benefícios da restauração. Entre eles está a recuperação da fisionomia e função, como citado anteriormente. No entanto, o processo também pode preservar os dentes, conseguindo evitar uma perda antecipada do elemento ou má oclusão. Além disso, o tipo de restauração será uma decisão feita pelo especialista. O dentista considerará uma série de fatores ao escolher qual o tipo de material de restauração que é o mais apropriado para cada paciente. As opções são: de resina composta, amálgama, ouro, porcelana, ionômero de vidro ou cerômero.

Fonte: http://www.sorrisologia.com.br